imagem de destaque

Candidatura elaborada pela Unidade FCCN da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) foi aprovada, resultando num financiamento de 825 mil euros. Conheça os principais objetivos.

O ano de 2021 arranca com a aprovação de uma candidatura da Unidade FCCN realizada ao sistema de apoio à transformação digital da Administração Pública (SAMA). Esta proposta tem como objetivo a implementação de desenvolvimentos estratégicos nas áreas de Gestão de Ciência e Ciência Aberta e resultará no reforço do financiamento dos projetos PTCRISRCAAP b-on.

No total, o financiamento garantido ronda os 825 mil euros, sendo que um dos principais focos estará na área de gestão de dados de investigação. Nesse sentido, a candidatura prevê a disponibilização de infraestruturas e serviços à comunidade de ensino e investigação, tendo em vista a partilha de resultados de investigação em repositórios de dados adequados para o efeito.

Ainda no campo de apoio à atividade científica, a candidatura aprovada prevê a implementação de um registo nacional de financiamento de ciência e tecnologia (SciPROJ), com o objetivo de agregar o financiamento nacional numa mesma base de dados, em regime de dados abertos. Desta forma, será possível estimular a partilha e a reutilização desta informação. Outro dos recursos de dados abertos a ser criado diz respeito à implementação de um registo nacional de outputs de ciência e tecnologia, com o objetivo de os agregar numa única base de dados.

A candidatura agora aprovada vai ainda atuar no campo de business intelligence, ao produzir indicadores que sirvam de suporte aos processos de gestão e suporte à decisão, tendo por base os registos nacionais de publicações e financiamento. Por fim, outro dos objetivos passa pela promoção da política de acesso aberto aos resultados de investigação financiados pela FCT. Este passo é visto como estratégico para o aumento do potencial de impacto da investigação financiada.

Outros artigos relacionados